Arquivo da categoria: Tecnologia da Informação

Softwares e dicas de sites

Coisas que você não deve fazer nos mensageiros instantâneos e sites de relacionamento social.

Eu sempre gostei de inovação e de trazer para o meu dia a dia uma série de ferramentas digitais que possam me ajudar. Uso WhatsApp, Telegram, Skype, Hangouts, Allo, Duo, Flickr, Wase, InstagramFacebook Messenger, Snapchat, Viper, Google +, Twitter, Facebook, Tsu e mais alguns outros menos conhecidos.

Quem nunca recebeu uma corrente, spam, mensagens em horários ou local impróprios e pornografia, de algum contato nestes aplicativos?

1 – Você já viu anjos, cachorros e gatos falando bom dia? Então, por que manda todos os dias um desses? Respeite o horário comercial, chega de mensagem motivacional de madrugada. Sem contar que acaba com o espaço do cartão de memória do celular dos seus amigos. Nem todo mundo silencia as notificações!

339666e0-9b97-48d2-b25e-fcf5badd53fc

Cachorro fofinho e a frase: “Bom dia! Dormiu bem?”

2 – Refletir é sempre bom! Pense duas vezes antes de mandar uma mensagem para um grupo. Se não interessar ou envolver, pelo menos, parte do grupo, mande em particular. Não deixe alguém constrangido ao perguntar algo específico. E se mesmo assim, alguém o fizer, não seja inconveniente de se intrometer no assunto.

3 – Você conhece alguém que ficou rico, morreu ou encontrou o amor da sua vida em três dias só com repassou aquelas mensagens que vez ou outra aparecem nas redes sociais? Então pronto, não precisa mandar!

Sem Título-1
4 – Só mande gravações de voz em último caso ou se souber onde a pessoa se encontra. Se não sabe onde está a pessoa, não envie! Ela pode estar no trabalho, com alguém próximo ou num local que tocar o som não seja conveniente. Se tem algum amigo deficiente visual dentre seus contatos, saiba que este é um recurso que eles usam com frequência, portanto, toda regra tem exceção. Mas minha sugestão é usar o recurso de conversar por áudio, que funciona como uma ligação telefônica comum, sem custos.

Sem Título-3.jpg

5 – As orações foram criadas para serem usadas. Se você é daqueles que mandam uma palavra por mensagem, saiba que a culpa do “silenciar grupo” é toda sua, além, claro, de acabar com a bateria do celular dos outros integrantes. Os corretores também aprontam cada uma! Leia o que escreveu, antes de enviar.

6 – Exagero no uso de emoji. Tudo bem usar um ou outro, mas não abuse!Sem Título-4.jpg
7 – Com estes aplicativos temos ainda  velhos costumes: maiúsculas só é aceitável se você realmente quiser ENFATIZAR ou GRITAR com alguém. Caso contrário, minúsculas se faz necessário e bem mais elegante.Sem Título-6.jpg
8 – “Você leu e não me me respondeu”. Esta é uma frase que não pode aparecer nunca em seu vocabulário. Você não está do outro lado do celular para saber o que está acontecendo com a pessoa.
Se fizer um comentário e ninguém responder, não se preocupe! Provavelmente o assunto já foi discutido anteriormente ou ninguém tem mais nada mesmo a comentar. Não é obrigatório que respondam. img9792.jpg
9 – Apelido (nick) estranho ou duvidoso são totalmente descartáveis. Ninguém é obrigado a descobrir quem está falando.

10 – Cada vez mais frequente nos ambientes profissionais, os mensageiros podem ser uma arma se você não tomar cuidado com a sua foto. Esqueça aquela foto descontraída, com copo de bebida na mão. Invista em fotos mais neutras, menos comprometedoras para a sua imagem.

11 – Todo bom grupo tem o engraçadinho dos pornôs. Nunca seja essa pessoa, isso não é legal e ainda constrange os outros participantes. Pense que o aparelho celular pode estar na mão de alguma criança, já que elas são muito curiosas e hábeis no uso desta tecnologia.

12 – Imagens degradantes, como de acidentes e pessoas decapitadas, doentes com péssima aparência são de extrema deselegância. Não se esqueça de que elas são de tragédias, não há motivo para compartilhar.
Aliás, o envio de imagens e vídeos lotam o cartão de memória do seus contatos.

13 – Nunca compartilhe mensagens religiosas, bênçãos do Papa, do preto velho e do pastor. Religião é tema que não deve ser discutido e sempre ser respeitado.

030257f8-7958-46ab-94a3-cd8e9d359590 (1).jpg

14 – Textos longos dificilmente alguém irá ler, então evite-os. E-mail é mais apropriado para este tipo de mensagem.

15 – Obsessão com suas publicações. Seja natural, só publique aquilo que gostar ou achar interessantes para seus amigos. Não fique ansioso para tentar encaixar alguma coisa em cada contexto social. Não force expectativas desnecessárias.  Não fique comparando quem é mais feliz via internet, além de vago é nocivo para si mesmo. Poste fotos naturais de si mesmo. Quanto mais você for você, mais confortável você vai se sentir. Esse é o verdadeiro amor próprio e aceitação.

16 – Não se exponha! Informações sobre crianças, viagens, patrimônio, podem ser utilizadas por marginais. Ou pensa que eles não utilizam redes sociais e mensageiros?

17 – Todos tem mais amigos que você. Não fique contando quantos amigos tem, o que vale é a QUALIDADE, não a QUANTIDADE de amigos. Você não conversa nem com 5 % dos seus contatos!

18 – Não fique ativando e desativando sua conta a toda hora. É comum para muita gente, a cada decepção, desabilitar a conta. Pouco tempo depois, decide reativá-la, pois sente estar “perdendo muita coisa”. Se essa confusão lhe perturba, melhor refletir e tomar uma decisão a longo prazo e definitiva.

19 – Viva a vida real um pouco mais. Ao invés de gastar horas nestes aplicativos, saia, passe um tempo com sua família e amigos, faça alguma coisa pessoalmente. Experimente, já que não consegue se afastar, conversar por áudio ou vídeo, não fique so teclando.

20 – Conversas infantis não ajudam ninguém, e especialmente quando são online. Se você está tendo um conflito com alguém, ligue ou encontre essa pessoa. Por favor: palavrões nunca pegam bem!

http://vidaeestilo.terra.com.br/13-coisas-que-voce-nunca-deve-fazer-em-grupos-de-whatsapp,8c7c620901192ff3193911c3bb347c0ex1z6RCRD.html

Deixe um comentário

Arquivado em Tecnologia da Informação

Papel de grafeno 10 vezes mais resistente que o aço e está acelerando a era digital

Ele é mais forte do que o aço, fino como um papel e pode revolucionar a indústria de automóveis – conheça o papel grafeno, o material com propriedades de Super Homem.

Pesquisadores da Universidade Tecnológica de Sydney, Austrália, criaram um novo material que é menos denso, mais leve, resistente e forte do que o aço. Mas esta não é mais uma daquelas descobertas sensacionais que acabam ficando no papel. Até porque é papel. Feito de grafeno, material encontrado no grafite e em outros compostos de carbono, a novidade pode ser um divisor de águas na ciência dos materiais se conseguir atender às expectativas dos investigadores.

”]Este papel de grafeno é constituído por grafite alterado, por processos químicos, em monocamadas hexagonais empilhadas – tão finas quanto uma folha de papel, porém incrivelmente fortes. A universidade de Sydney publicou um comunicado à imprensa sobre as características únicas do material desenvolvido:

“Comparado com o aço, o papel de grafeno é seis vezes mais leve, de cinco a seis vezes menos denso, duas vezes mais duro, com dez vezes maior resistência à tração e 13 vezes maior rigidez à flexão.

Este é um salto enorme em termos de resistência dos materiais em geral (além de, como o papel, ser flexível). Além disso, por ser feito de grafeno, possui ainda algumas propriedades interessantes elétricas, térmicas e mecânicas.

O melhor de tudo, porém, talvez seja o fato de que o papel de grafeno não é escandalosamente difícil ou caro de ser fabricado, e, por isso, poderia ter grandes implicações para as indústrias aeronáutica e automóvel, onde os fabricantes já estão se voltando para materiais de fibra de carbono – como é o caso – para reduzir o peso e, assim, aumentar a economia de combustível. [PopSci]

Ele foi produzido pela primeira vez em 2004 e, no ano passado, ganhou o Prêmio Nobel de química. O carbono é o elemento que, conforme a combinação dos seus átomos, forma materiais tão distintos quanto o diamante e o grafite.

O papel grafeno (GP) criado pela equipe liderada pelo professor Guoxiu Wang é um material feito a partir do grafite moído, purificado e filtrado através de processos químicos até ter suas nano estruturas reconfiguradas e então processadas em forma de folhas finas.

Além disso, as GP são recicláveis e sua fabricação é bastante simples. Os pesquisadores acreditam que ela tem potencial de revolucionar as indústrias de automação, aviação, elétrica e ótica. Ao substituir o aço, por exemplo, o papel grafeno pode gerar carros mais leves e fortes, além de aviões que consomem menos combustível.

O estudo foi publicado na Journal of Applied Physics.

Cientistas australianos afirmam ter desenvolvido um material compósito baseado no grafite que é tão fino quanto papel, mas mais forte do que o aço.

O Dr. Guoxiu Wang e seus colegas da Universidade de Tecnologia de Sidnei batizaram seu material de “papel de grafeno”.

Como os demais materiais à base de carbono – fibras e compósitos – o papel de grafeno deverá ter aplicações sobretudo na indústria automotiva e aeroespacial, permitindo o desenvolvimento de carros e aviões mais leves, mais seguros e mais econômicos.

Esquema de um transístor de grafeno, com a ilustração superior mostrando as vacâncias, que geram magnetismo em um material de carbono puro. [Imagem: Jianhao Chen/Michael S. Fuhrer]

Magnetismo em carbono puro

Outra descoberta mais impressionante criou uma forma de controlar as propriedades magnéticas do grafeno, o que permite seu uso tanto como memória de acesso aleatório (RAM), quanto para o armazenamento magnético de dados – em discos rígidos ou em memórias tipo flash, por exemplo.

Jianhao Chen e Michael S. Fuhrer, da Universidade de Maryland, descobriram que as ausências de alguns átomos na rede atômica do grafeno – chamadas vacâncias – funcionam como minúsculos ímãs – as vacâncias possuem “momento magnético”.

Mais do que isso, esses momentos magnéticos interagem fortemente com os elétrons que conduzem eletricidade através do grafeno, gerando uma forte resistência elétrica, conhecida como efeito Kondo.

E o efeito Kondo surge no grafeno sem qualquer impureza, ou seja, sem a necessidade de dopagem do material.

Fuhrer afirma que, se as vacâncias no grafeno forem organizadas da maneira correta, isto poderá gerar o ferromagnetismo no material de carbono puro – cada “núcleo” Kondo pode se transformar em um bit magnético controlável.

“Momentos magnéticos individuais poderão ser acoplados juntos por meio do efeito Kondo, forçando-os a se alinharem na mesma direção,” afirma ele. “Quando acoplado com as impressionantes propriedades elétricas do grafeno, o magnetismo poderá ter interessantes aplicações na spintrônica.”

Assim, ao contrário da eletrônica do silício, que depende da colocação precisa de átomos no silício – a chamada dopagem – a eletrônica do grafeno poderá se basear na retirada de átomos em locais precisos da rede atômica do grafeno.

Bibliografia:

Advanced mechanical properties of graphene paper
Ali R. Ranjbartoreh, Bei Wang, Xiaoping Shen, Guoxiu Wang
Journal of Applied Physics
Vol.: 109, 014306 (2011)
DOI: 10.1063/1.3528213

Fontes:
http://www.inovacaotecnologica.com.br/noticias/noticia.php?artigo=grafeno-acelerando-era-digital

http://www.inovacaotecnologica.com.br/noticias/noticia.php?artigo=papel-de-grafeno&id=010160110429
http://info.abril.com.br/noticias/ciencia/papel-grafeno-e-10-vezes-mais-forte-que-aco-28042011-24.shl
http://hypescience.com/cientistas-criam-material-superfino-dez-vezes-mais-resistente-que-o-aco/?utm_source=feedburner&utm_medium=email&utm_campaign=Feed%3A+feedburner%2Fxgpv+%28HypeScience%29

Deixe um comentário

Arquivado em Curiosidades, Invenções, Tecnologia da Informação

O Futuro está acontecendo

A Microsoft publicou um vídeo interessante no YouTube. No vídeo, a Microsoft descreve um cenário do futuro próximo onde as pessoas usam todos os tipos de terminais para obter acesso aos recursos e se conectar com outras pessoas. O vídeo em si é muito bom e a tecnologia apresentada não é algo que não pode ser alcançada nos próximos 20 anos. Estamos bastante perto desse ponto, com todos os tipos de novos dispositivos que surgem no mercado. Por isso que a concorrência é boa e bom para todos nós.

http://www.youtube.com/watch?v=a6cNdhOKwi0

A Microsoft tem trazido muitos vídeos interessantes de conceito semelhante, em 2009 abordou a tecnologia que poderia transformar a nossa forma de fazer as coisas na escola, no trabalho e em casa nos próximos anos.
Baseada em computação em nuvem que é bem discutida nos dias de hoje, com vários os tipos de aplicações.  O futuro não está tão longe de nós.

http://www.youtube.com/watch?v=t5X2PxtvMsU

Muitos vídeos semelhantes podem ser vistos no canal da Microsoft no YouTube (http://www.youtube.com/user/officevideos), Este explora a tecnologia que melhora a saúde, oferecendo ligações diretas entre provedores e equipando pacientes com o controle que precisam para uma experiência e cuidado personalizado.

http://www.youtube.com/watch?v=C4LbAUa4ZwY

Quer se trate de tablet PC de computação de superfície, baseada em toque gestos ou sincronização de dados através de redes em casa, a visão da Microsoft sobre o futuro é muito promissora.

http://www.youtube.com/watch?v=1VuQeR-N8nE

Fontes:
http://theakiba.com/2011/10/28/microsoft-swipe-between-the-future
http://www.youtube.com/user/officevideos

Deixe um comentário

Arquivado em Invenções, Tecnologia da Informação

Segurança na internet e perigos das redes sociais.

 

 

Você costuma sair de casa e deixar a porta aberta?

Baseado neste princípio, o Google vai lançar uma campanha para promover a segurança on-line dos internautas. O objetivo é capacitar os usuários a resolverem problemas e tomarem decisões corretas sobre o uso da internet.
Em parceira com o Citizens Advice Bureau (CAB),  irão incentivar os usuários a adotar métodos mais seguros durante a navegação na web como ter senhas mais complexas e desligar os computadores após usá-los.

A campanha ainda vai se focar no bloqueio a sites pornográficos para crianças e o uso de “cookies” nos navegadores.

“A informação é uma ferramenta poderosa para evitar problemas que envolvam segurança, dados pessoais e roubo de identidade. Estas estão entre as principais preocupações das pessoas ao usar internet”, afirma Gillian Guy, presidente-executivo do CAB.

Para ajudar os internautas, o Google e o Citizens Advice Bureau publicaram cinco dicas para se manter seguro em ambiente on-line:

1. Escolha uma senha forte como, por exemplo, uma frase de música, filme ou jogo favorito. Em seguida, use números, símbolos e letras para recriá-lo. Quanto mais incomum for a frase, melhor.
2. Nunca responda e-mails suspeitos com suas informações pessoais ou financeiras, nem digite sua senha depois de abrir um link que você não confia.
3. Na barra de endereços, procure por “https” e um cadeado dourado. Essa é uma das formas para verificar se o site é seguro ou não.
4. Se uma ou mais pessoas usam o mesmo computador que o seu, feche o navegador antes de desligá-lo.
5. Use duas etapas de verificação de contas em serviços que oferecem essa possibilidade. Adicione, se possível, uma verificação extra de segurança.

A campanha, chamada de “Good to Know” (“Bom Saber”, em português), pode ser acompanhada em http://www.google.co.uk/goodtoknow/online-safety/

Aproveitando esta campanha, é sempre bom lembrar os cuidados que deve ter quando compartilhamos informações nas redes sociais. Muitos assaltantes estão se aproveitando de informações divulgadas na internet para planejar roubos.
Como muitos usuários postam atualizações constantes sobre suas vidas, não é difícil encontrar comentarios sobre compras de alto valor, fotos de viagem e festas familiares e por elas pode-se saber o nível social e econômico que têm os utilizadores, assim como os horários em que as pessoas estão fora de casa – o que pode ser um prato cheio para os ladrões.
Sites, como o Google Street View, mostram fotografias de casas e a partir delas assaltantes podem avaliar sua segurança e facilidade de acesso, procurando por alarmes e entradas laterais.
Quatro em cada cinco criminosos disseram que sites de redes sociais foram usados por eles. No entanto, o mesmo número afirmou que um simples alarme observado em alguma casa já os dissuadiram de invadir o local.
Portanto, não é tão seguro quanto pode parecer sair anunciando nos sites de relacionamento quando você vai viajar, ou que você ganhou um iPod novo.
http://www.youtube.com/watch?v=mhc-IxtWug4

http://www.youtube.com/watch?v=XB7yh8mXuqI

Outras medidas, como cortar árvores e arbustos em volta de casa para remover possíveis esconderijos e instalar sistemas simples de alarme podem ser boas soluções para evitar assaltos.

Uma outra sugestão é aumentar sua privacidade nas próprias redes sociais aprovando como amigos no Facebook, por exemplo, apenas pessoas que você realmente conheça e permitindo que apenas eles vejam as suas atualizações, fotos e dados pessoais. Nunca compartilhe seu endereço publicamente.

Entrevistaram uns sequestradores, que dizem que entram na rede e vêm os rostos, a casa, os carros, na televisão, um deles declarou que antes investigavam muito para conhecer os candidatos a sequestros, mas que agora, com o Facebook, eles conseguem facilmente as informações, que pomos voluntariamente nas redes. Com isso, não se enganam e não têm que investigar onde vivem, que escola frequentam, para onde viajam, quem são os pais, irmãos e amigos.
Protejam os seus filhos e proteja-se! Não coloquem informação íntima e pessoal na Rede.

Qualquer pessoa em juízo perfeito tem a noção de que quando se participa de uma Rede Social, seja ela qual for, tem que ler suas Regras e como a mesma funciona, ou seja: quais informações ficarão disponíveis e quais ficarão ocultas à quem acessar e não estiver em sua rede de amigos.

Existem pessoas que gostam de números, ou seja, saem adicionando qualquer um feito loucos (E ACEITANDO TAMBÉM), só para dizer que tem bastante contatos. Uma bobagem enorme!

Se você não conhece, não adicione! Se tem muitos amigos virtuais, faça um perfil só para adicionar estes. E coloque qualquer outra foto, desde que não seja sua, e se for caso, coloque apenas uma foto somente, e que não tenha pessoas da família.
Muitas empresas ao avaliar os currículos, consultam as redes sosciais para conhecer intimidades dos candidatos.
E, para piorar, o assunto não termina quando os usuários cancelam a sua conta: as suas fotos e informação permanecem,  para o caso de quererem reativar a sua conta.

Fontes:
http://bit.ly/pADd0w
http://bit.ly/nHFK2c
http://bit.ly/qJsHEG

1 comentário

Arquivado em Tecnologia da Informação

Como recuperar seu notebook em caso de roubo

Algumas notícias circularam pela imprensa sobre pessoas que recuperaram o notebook depois de roubado.  Alguns exemplos:
http://tecnologia.terra.com.br/noticias/0,,OI5280749-EI15607,00-Dono+de+notebook+recupera+aparelho+roubado+com+acesso+remoto.html

http://protecaototal.pop.com.br/blog/hacker-recupera-seu-notebook-roubado-em-londres/

http://www.oficinadanet.com.br/noticias_web/2433/backup-online-ajuda-a-achar-ladrao-de-notebook

No Olhar Digital ( http://t.co/52CPxMk) tem uma matéria legal, para assistir ao vídeo click no link.

Cammster: software gratuito transforma sua webcam em uma câmera de segurança
Ferramenta toca alarme e envia diversas fotos para o seu e-mail, que podem até servir como prova em caso de assalto

Essa é uma maneira de você se manter protegido sem precisar comprar uma câmera de segurança. Com um computador e uma webcam, você passa a ter controle sobre tudo ao seu redor. E é super fácil de usar.

Faça o registro, selecione “Run Cammster” e permita que o site ligue a sua webcam. Na tela você vê o que a câmera está registrando. Na barra localizada embaixo da tela, você regula o grau de sensibilidade da câmera. Quanto mais para a esquerda você deixar, mais sensível será o sensor. Ou seja, mesmo o menor movimento em frente à tela vai acionar o alarme. Ajuste o detector e agora escolha daqui quantos minutos você quer que o Cammster entre em ação. Você pode iniciá-lo após 1 ou 10 minutos, basta empurrar a seta para a direita e definir o tempo exato.

Assim que o período que você estipulou acabar, o site aciona seu detector, e qualquer coisa que se mova na frente vai acionar o alarme. Além do computador emitir o barulho, centenas de fotos serão tiradas e enviadas para você no seu email, com horário e dia exatos. Dessa forma, você pode ter um registro do que aconteceu na hora H, que pode, eventualmente, até servir como prova de algum assalto, por exemplo. É super eficiente.

Se você quer manter sua casa, loja ou qualquer estabelecimento mais protegidos, esse serviço é uma ótima. Especialmente porque é totalmente gratuito! O link para para a ferramenta, você já sabe, está à sua espera aqui nesta página.

Eu me cadastrei no site do Cammster (http://cammster.com/), foi simples e rápido. Fiz alguns testes e funcionou perfeitamente.

Fonte: http://t.co/52CPxMk

 


 


Deixe um comentário

Arquivado em Tecnologia da Informação

Verdades e mentiras sobre os DVDs

Muito clara e útil estas dicas mostradas no Olhar Digital (assista ao vídeo clicando no link). Quem ainda não sofreu ao perder dados de algum CD o DVD… Quando isto acontece, a gente tenta de tudo para limpar a mídia e tentar salvar algumas coisas, pena que quase nunca funcione.

Ainda muito utilizado por quem precisa fazer backup de arquivos, os DVDs trazem muita dor de cabeça pela facilidade de perda dos dados; veja como cuidar bem do seu conteúdo digital e evitar dores de cabeça.

Eles chegaram para substituir as antigas fitas VHS e os disquetes. Mas, nem sempre a história acaba bem…. Veja o caso do Evandro. Ele é administrador de redes e um dia teve que fazer backup de alguns e-mails antigos da empresa em um DVD. Aí…

“Nós acabamos perdendo um grande período de anos de mensagens que fizemos o backup dentro do DVD e, devido a esse problema, nós tivemos um período de mais ou menos 4 anos de mensagens perdidas, informações muito importantes”, relata o administrador de Redes, Evandro Cesar.

Mas você deve se perguntar: “por que é tão fácil o conteúdo do DVD simplesmente sumir?”

“Principalmente pela qualidade da mídia. Infelizmente, embora você tenha um formato único que é o DVD, nós não podemos garantir que os fabricantes utilizem o mesmo material para gravação, então esse é um dos fatores principais. Outros fatores que concorrem para essa perda de dado são a qualidade do equipamento de gravação, o equipamento que faz a leitura, a taxa de transferência que esses dados vão chegar na mídia a ser gravada, e uma série de outors fatores”, explica o Profº Luciano Silva, da Faculdade de Computação e Informática do Mackenzie.

O processo de gravação de um DVD pode ser explicado de uma maneira bem simples. Imagine o DVD como se fosse um disco de vinil. Só que ao invés da agulha, são raios laser vermelhos que lêem e também gravam as informações. Ao invés de sulcos, são saliências que representam os zeros e uns, dispostos em forma de espiral. E cada uma das trilhas tem apenas 740 nanômetros. Se a gente pudesse arrancar a trilha de dados de um DVD e esticá-la em uma linha reta, ela teria quase 12 quilômetros de comprimento! Você consegue pensar que uma estrutura dessas seria capaz de armazenar tantas informações?

E a velocidade da gravação é um fator que pode definir se os dados serão transferidos integralmente ou não. Tá vendo esse número aqui? Ele indica a velocidade mais segura para você fazer a gravação do DVD em cada um dos aparelhos. Alguns mostram 8x, outros exibem 16x e há os que sugerem velocidade entre 1x e 8x, por exemplo. É bom seguir as recomendações do fabricante para garantir a melhor qualidade de gravação.

“Se você tem um equipamento que está configurado com a gravação máxima de 4x, e você tentar fazer uma gravação em 16x, provavelmente o dado vai ser gravado de forma incorreta. Isso acontece porque você tem que compatibilizar a velocidade de rotação que você tem do equipamento de gravação, junto com a velocidade de gravação do laser”, esclarece Luciano Silva.

E sabe aquelas receitinhas caseiras para limpar o disco, como passar um pouco de água e um paninho em cima? Ou então esfregar a mídia com detergente? Acredite, é melhor esquecer esses conselhos!

“Inclusive, qualquer coisa, casca de banana, já vi pessoas limpando com laranja… você tem, na realidade, uma série de ácidos ali que podem contribuir para o desgaste mais rápido daquela mídia”, conta o professor.

Não existe ao certo uma data de validade de um DVD, conforme constatou o Centro Nacional Francês de Pesquisa. Mas, os cientistas comprovaram a instabilidade dessa mídia, que pode armazenar corretamente suas fotos e vídeos por dez anos, ou pode perder todo o conteúdo em apenas alguns meses. O pior é que isso não tem a ver com a marca. Na pesquisa francesa, discos da mesma marca tiveram comportamentos bem diferentes.

Então, a melhor coisa a fazer é pecar pelo excesso, como faz agora o Evandro. Hoje ele dispensou os DVDs e passou a ter mais de um lugar para backup.

“Além de ter dois HDs em casa, que de tempos em tempos eu faço uma cópia, eu possuo um Storage, que é um HD externo”, conta Evandro.

As dicas estão aí, agora, provavelmente você terá menos dor de cabeça no futuro.

Parece que uma solução está próxima, em outra reportagem mostram um novo tipo de DVD capaz de guardar informações “para sempre”.

Novo DVD da Melleniatta

Disco desenvolvido pela Milleniatta é mais resistente e consegue guardar as informações para sempre.

Os M-Disc, da Milleniatta, parecem DVDs comuns. Eles têm 4.7GB de capacidade de armazenamento e podem ser lidos em drives tradicionais de DVD, mas possuem uma grande vantagem: os dados ficam permanentemente gravados dentro dos discos, segundo o Endadget. Isso é possível porque, ao invés dos dados serem “queimados” na superfície, no caso do Milleniatta, eles são “esculpidos” no disco. Assim, os arquivos não podem ser corrompidos com o tempo.

Desenvolvido para empresários, fotógrafos, arquivistas, genealogistas ou qualquer um que tema perder algumas informações para sempre, os discos também são mais resistentes que os DVDs comuns e não degradam com o tempo.

A Milleniatta afirma que está trabalhando em uma versão Blu-ray do M-Disc que deve ser anunciada nos próximos meses.

O lançamento do M-Disc será em outubro deste ano. Um disco avulso custará US$ 2,99, enquanto o pacote com 5 unidades sairá por US$ 13,89 e com 10 por US$ 26,59.

http://www.youtube.com/watch?feature=player_embedded&v=rSl0chtzf6U

Fonte:
http://olhardigital.uol.com.br/produtos/central_de_videos/verdades-e-mentiras-sobre-os-dvds
http://olhardigital.uol.com.br/produtos/digital_news/noticias/informacoes_talhadas_na_superficie_um_dvd_que_nao_perde_dados_com_o_tempo 

Deixe um comentário

Arquivado em Tecnologia da Informação

Fotografia com grande alcance dinâmico

É muito comum vermos fotos tiradas contra a luz onde as pessoas ficam escuras e o fundo normal, ou o contrário, dependendo da situação. Nestes casos, um recurso que ajuda muito, que é usar o flash simultaneamente, mesmo durante o dia, com sol.

Fotografia de grande alcance dinâmico, ou simplesmente HDR (High Dynamic Range), é uma técnica que utiliza várias fotos, com diferentes exposições para criar uma imagem equalizada com base na informação de duas fotografias distintas. O resultado é uma imagem que possui uma grande amplitude e revela os todos detalhes de ambas as imagens.

Para quem usa o Photoshop, basta que possua duas imagens idênticas, uma exposta para as sombras e outra exposta para as altas luzes. O programa fará então a combinação das duas para que seja criada a tal imagem média.

A seguir veja algumas imagens impressionantes elaboradas através da técnica de HDR. Poderão ser todas encontradas no Flickr (Clique nas imagens para uma versão ampliada).

 

 

 

Pool de fotografias em HDR no Flickr

Fonte: 
http://obviousmag.org/archives/2008/01/as_maravilhosas.html#ixzz1Ucgdx9nL

Deixe um comentário

Arquivado em Curiosidades, Outros, Tecnologia da Informação