Bunker Roy: fazendo a diferença na vida de muita gente.

No Rajastão (Rajasthan), na Índia, uma escola ensina pessoas do meio rural, muitos deles analfabetos, a se transformarem em engenheiros solares, artesãos, dentistas e médicos de suas próprias aldeias.
Chama-se Universidade dos Pés-Descalços e o seu fundador,  Sanjit “Bunker” Roy, brâhmane, criado nos melhores colégios e formado pelas melhores universidades, membro da mais alta elite indiana. Cansado de ver a injustiça e pessoas sendo negligenciadas, excluídas e desconsideradas na sociedade, há mais de trinta anos, ele rejeitou a vida privilegiada e foi viver em uma aldeia onde fundou esta “universidade”.

Bunker Roy com o príncipe Charles

Com uma concepção diferente da educação convencional, é a única universidade onde pessoas com mestrado ou doutorado não podem ensinar, como ele diz. Ela ensina crianças, mulheres, pessoas idosas, numa busca de recuperar tradições populares e a sabedoria daqueles que vivem com menos de um dólar por dia e não tem nenhuma escolaridade.

Sua proposta é aproveitar o conhecimento existente nas pequenas comunidades de forma a torná-las auto-suficientes.

Ele fundou a Barefoot College ( 26.653598°, 74.936222°), uma ONG que tem como objetivo resolver problemas nas comunidades rurais, equipando seu povo com as habilidades e o conhecimento necessário para torná-las auto-suficientes e sustentáveis.  Barefoot College  é a única faculdade no mundo construída pelos pobres, para os pobres e gerida pelos pobres.

O colégio segue o estilo de trabalho e estilo de vida de Mahatma Gandhi.

Desde 1972, mais de 20 Faculdades Barefoot foram iniciados em mais de 13 estados indianos. Para orientar os trabalhos, a universidade segue 5 princípios:
1) igualdade: todos os membros são iguais, indiferentemente do sexo, classe, educação ou casta;
2) coletivismo: todos são envolvidos nos processos de decisão;
3) autonomia: o objetivo é fomentar a interação e o trabalho conjunto no desenvolvimento da comunidade;
4) descentralização: o programa está comprometido em favorecer, indiferente a hierarquias, a capacidade de decisão aos locais;
5) simplicidade: a equipe aposta numa vida simples, empenhada em gerar uma comunidade familiar e um criativo e estimulante ambiente.

Identificado pelo ‘’The Guardian’’, em janeiro de 2008 como um dos 50 ambientalistas no mundo que poderia ajudar a salvar o planeta, e em abril de 2010, reconhecido pela revista ‘’TIME Magazine’s’’ como uma das 100 Pessoas mais influentes no mundo, Bunker Roy, hoje compartilha suas experiências em palestras públicas gratuitas que realiza.

Neste vídeo de aproximadamente 19 minutos, ele explica os fundamentos, a história e o resultado desse trabalho, que VALE A PENA CONFERIR.

Vídeo: http://vimeo.com/34484169

Fontes:
http://is.gd/OELCmq
http://is.gd/KZmTld 
http://is.gd/7FBSAQ

Deixe um comentário

Arquivado em Filosofia

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s