Verdades e mentiras sobre os DVDs

Muito clara e útil estas dicas mostradas no Olhar Digital (assista ao vídeo clicando no link). Quem ainda não sofreu ao perder dados de algum CD o DVD… Quando isto acontece, a gente tenta de tudo para limpar a mídia e tentar salvar algumas coisas, pena que quase nunca funcione.

Ainda muito utilizado por quem precisa fazer backup de arquivos, os DVDs trazem muita dor de cabeça pela facilidade de perda dos dados; veja como cuidar bem do seu conteúdo digital e evitar dores de cabeça.

Eles chegaram para substituir as antigas fitas VHS e os disquetes. Mas, nem sempre a história acaba bem…. Veja o caso do Evandro. Ele é administrador de redes e um dia teve que fazer backup de alguns e-mails antigos da empresa em um DVD. Aí…

“Nós acabamos perdendo um grande período de anos de mensagens que fizemos o backup dentro do DVD e, devido a esse problema, nós tivemos um período de mais ou menos 4 anos de mensagens perdidas, informações muito importantes”, relata o administrador de Redes, Evandro Cesar.

Mas você deve se perguntar: “por que é tão fácil o conteúdo do DVD simplesmente sumir?”

“Principalmente pela qualidade da mídia. Infelizmente, embora você tenha um formato único que é o DVD, nós não podemos garantir que os fabricantes utilizem o mesmo material para gravação, então esse é um dos fatores principais. Outros fatores que concorrem para essa perda de dado são a qualidade do equipamento de gravação, o equipamento que faz a leitura, a taxa de transferência que esses dados vão chegar na mídia a ser gravada, e uma série de outors fatores”, explica o Profº Luciano Silva, da Faculdade de Computação e Informática do Mackenzie.

O processo de gravação de um DVD pode ser explicado de uma maneira bem simples. Imagine o DVD como se fosse um disco de vinil. Só que ao invés da agulha, são raios laser vermelhos que lêem e também gravam as informações. Ao invés de sulcos, são saliências que representam os zeros e uns, dispostos em forma de espiral. E cada uma das trilhas tem apenas 740 nanômetros. Se a gente pudesse arrancar a trilha de dados de um DVD e esticá-la em uma linha reta, ela teria quase 12 quilômetros de comprimento! Você consegue pensar que uma estrutura dessas seria capaz de armazenar tantas informações?

E a velocidade da gravação é um fator que pode definir se os dados serão transferidos integralmente ou não. Tá vendo esse número aqui? Ele indica a velocidade mais segura para você fazer a gravação do DVD em cada um dos aparelhos. Alguns mostram 8x, outros exibem 16x e há os que sugerem velocidade entre 1x e 8x, por exemplo. É bom seguir as recomendações do fabricante para garantir a melhor qualidade de gravação.

“Se você tem um equipamento que está configurado com a gravação máxima de 4x, e você tentar fazer uma gravação em 16x, provavelmente o dado vai ser gravado de forma incorreta. Isso acontece porque você tem que compatibilizar a velocidade de rotação que você tem do equipamento de gravação, junto com a velocidade de gravação do laser”, esclarece Luciano Silva.

E sabe aquelas receitinhas caseiras para limpar o disco, como passar um pouco de água e um paninho em cima? Ou então esfregar a mídia com detergente? Acredite, é melhor esquecer esses conselhos!

“Inclusive, qualquer coisa, casca de banana, já vi pessoas limpando com laranja… você tem, na realidade, uma série de ácidos ali que podem contribuir para o desgaste mais rápido daquela mídia”, conta o professor.

Não existe ao certo uma data de validade de um DVD, conforme constatou o Centro Nacional Francês de Pesquisa. Mas, os cientistas comprovaram a instabilidade dessa mídia, que pode armazenar corretamente suas fotos e vídeos por dez anos, ou pode perder todo o conteúdo em apenas alguns meses. O pior é que isso não tem a ver com a marca. Na pesquisa francesa, discos da mesma marca tiveram comportamentos bem diferentes.

Então, a melhor coisa a fazer é pecar pelo excesso, como faz agora o Evandro. Hoje ele dispensou os DVDs e passou a ter mais de um lugar para backup.

“Além de ter dois HDs em casa, que de tempos em tempos eu faço uma cópia, eu possuo um Storage, que é um HD externo”, conta Evandro.

As dicas estão aí, agora, provavelmente você terá menos dor de cabeça no futuro.

Parece que uma solução está próxima, em outra reportagem mostram um novo tipo de DVD capaz de guardar informações “para sempre”.

Novo DVD da Melleniatta

Disco desenvolvido pela Milleniatta é mais resistente e consegue guardar as informações para sempre.

Os M-Disc, da Milleniatta, parecem DVDs comuns. Eles têm 4.7GB de capacidade de armazenamento e podem ser lidos em drives tradicionais de DVD, mas possuem uma grande vantagem: os dados ficam permanentemente gravados dentro dos discos, segundo o Endadget. Isso é possível porque, ao invés dos dados serem “queimados” na superfície, no caso do Milleniatta, eles são “esculpidos” no disco. Assim, os arquivos não podem ser corrompidos com o tempo.

Desenvolvido para empresários, fotógrafos, arquivistas, genealogistas ou qualquer um que tema perder algumas informações para sempre, os discos também são mais resistentes que os DVDs comuns e não degradam com o tempo.

A Milleniatta afirma que está trabalhando em uma versão Blu-ray do M-Disc que deve ser anunciada nos próximos meses.

O lançamento do M-Disc será em outubro deste ano. Um disco avulso custará US$ 2,99, enquanto o pacote com 5 unidades sairá por US$ 13,89 e com 10 por US$ 26,59.

http://www.youtube.com/watch?feature=player_embedded&v=rSl0chtzf6U

Fonte:
http://olhardigital.uol.com.br/produtos/central_de_videos/verdades-e-mentiras-sobre-os-dvds
http://olhardigital.uol.com.br/produtos/digital_news/noticias/informacoes_talhadas_na_superficie_um_dvd_que_nao_perde_dados_com_o_tempo 

Deixe um comentário

Arquivado em Tecnologia da Informação

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s