Nelson Mandela

Percorri esse longo caminho para a liberdade, tentei não fraquejar; dei passos errados ao longo do percurso. Mas descobri o segredo: que, depois de escalar uma montanha, apenas se descobre que há muitas mais montanhas para subir. Parei aqui para deitar uma olhada à vista maravilhosa que me rodeia, para olhar pra a distância de onde vim. Mas posso descansar somente por um momento, porque com a liberdade vêm as responsabilidades e não me atrevo a demorar, pois a minha caminhada ainda não terminou.
Nelson Mandela

Nelson Mandela completou 93 anos de idade, muitos milhões de pessoas homenagearam o  antigo prisioneiro político que se tornou Presidente e ícone internacional. 

Muitos dedicaram o dia à prática de ações de caridade honrando a contribuição de Mandela para os direitos humanos, cerca de 12 milhões os jovens estudantes, participaram na festa cantando o “Parabéns a você” numa versão especialmente adaptada para a ocasião, antes do início das aulas, nesta segunda-feira (18/07/11), numa ação que foi coordenada pela Fundação Nelson Mandela, governo e outras instituições.

A Fundação tornou público que pretendeu mobilizar toda a sociedade para a promoção da educação, unidade e coesão social em honra de Madiba (o nome por que é conhecido pela sua tribo, Xhosa).

Mandela tornou-se o primeiro presidente negro da África do Sul. Foi eleito em 1994, depois de sair da prisão de Robben Island. Preso sob a acusação de ser o líder do “Umkhonto we Sizwe” braço armado do Congresso Nacional Africano (ANC) e de organizar e levar a cabo atos de sabotagem, esteve 27 anos preso pelo regime segregacionista.

Libertado ao final desse longo interregno, assumiu o seu papel histórico e garantiu a transição para um governo e regime negro na África do Sul. Conquistando a admiração do mundo por ter conseguido sair de um longo período de encarceramento demonstrando uma capacidade por todos salientada de perdão e de união, conseguiu aquilo que antes se considerava impossível, a transformação pacífica do regime do apartheid num regime em que brancos e negros convivem lado a lado e pacificamente.

Razão pela qual nesta segunda-feira, não foram apenas sul-africanas as mensagens de parabéns que Nelson Mandela recebeu. Foram muitos os líderes mundiais que quiseram associar-se à celebração dos 93 anos do Prêmio Nobel da Paz de 1993.

O atual Presidente da República da África do Sul, Jacob Zuma, que agradeceu a Deus a contribuição de Mandela ao seu país natal, dirigiu-lhe uma comunicação especial.

Zuma recordou na sua mensagem que toda a gente soube que a África do Sul seria diferente quando Mandela saísse da prisão.

“Ele mostrou-nos que, apesar da opressão racial divisionista e das dificuldades que esta nação tinha atravessado, não é apenas possível, mas necessário abraçarmo-nos uns aos outros e reconciliar o povo Sul-Africano”, disse Zuma.

Barack Obama, outro homem que conseguiu tornar-se o primeiro presidente negro desta feita nos Estados Unidos, enviou também ele uma mensagem de cumprimentos ao homem que apelidou de “um farol para a comunidade global, e para todos que trabalham para democracia, justiça e reconciliação”.

O dia 18 de julho pela importância de Nelson Mandela não só para o seu país mas também para a comunidade internacional, passou a ser assinalado pelas Nações Unidas como o dia de Nelson Mandela.

Na África do Sul foram muitas as iniciativas levadas a cabo a propósito deste dia tão significativo para todos os cidadãos daquele país africano.

Escolas, orfanatos e clínicas foram limpas e pintadas, comida, roupa, livros e brinquedos foram doados em operações de caridade destinadas a ajudar os mais necessitados.

O Secretário-Geral das Nações Unidas, Ban-Ki-Moon, tomou o exemplo de Nelson Mandela e apelou ao mundo que ouvisse o apelo de Nelson Mandela para o voluntariado e o apoio aos mais necessitados.

Nelson Mandela tem reduzido ao máximo as suas aparições públicas devido ao estado debilitado em que se encontra. O dia deverá passa-lo com a família, na sua casa em Qunu, mil quilómetros a sul de Joanesburgo.

Fonte:
http://tv1.rtp.pt/noticias/?t=Sul-africanos-comemoram-o-93-aniversario-de-Nelson-Mandela.rtp

Deixe um comentário

Arquivado em Filosofia

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s