Arquivo do mês: fevereiro 2011

Programa para baixar o novo formato de vídeo do YouTube: Alta Definição

Para quem gosta de assistir vídeos com qualidade, este programa é muito bom. Testei o YouTube Downloader HD e comparei com vídeos baixados com o Real Player Downloader em 1080p e a diferença é óbvia. Tem a versão portável que é melhor porque não precisa instalar nada.

Testei o add-on para o Firefox (https://addons.mozilla.org/en-US/firefox/addon/easy-youtube-video-downl-10137/), que é uma outra opção.

Para poder curtir vídeos HD em 1080 linhas, você irá precisar de uma placa mãe decente, equipada com uma placa de vídeo poderosa.

A tela mostrada no Baixaki está ligeiramente diferente. Se preferir pode fazer o download do site oficial: http://www.youtubedownloaderhd.com/download.html

Recentemente os usuários do YouTube receberam um presentão: um player de vídeos em  High Definition , também como conhecido como Alta Definição ou, simplesmente, HD. YouTube Downloader HD – como o próprio nome diz – é um aplicativo para você fazer downloads dos vídeos do serviço, mas sem perder a qualidade vista online.

Programas como o VDownloader ou aTube Catcher são umas das melhores opções de aplicativos para realizar downloads dos vídeos do YouTube, porém eles não suportam a nova qualidade de vídeo oferecida e, desta forma fazem você perder os detalhes oferecidos pelo formato HD.

Ele é diferente

Com o YouTUbe Downloader HD você não vai deixar de ter a qualidade do novo formato YouTube quando baixar seus vídeos, pois ele tem como principal diferencial manter a Alta Definição, seja no formato AVI ou no FLV. Como o formato HD demora mais para baixar, visto que o tamanho do arquivo é proporcional a qualidade, se você quiser, pode optar pelo formato normal de AVI ou FLV sem problemas.

Como baixar seus vídeos

Assim como a maioria dos aplicativos do gênero, usar o YouTube Downloader HD não tem segredo, pois tudo o que você precisa fazer é copiar o link do vídeo postado no YouTube e colar no lugar específico (1). Antes de iniciar o download, escolha o formato em que deseja que o vídeo seja salvo (2) e o diretório para o qual ele será enviado (3).

É possível acompanhar todo o progresso do download através de uma barra e um marcador de tempo, ambos localizados na parte inferior do aplicativo. Confira abaixo a diferença entre o formato comum e o de Alta Definição.

Download High Definition Videos From YouTube with Portable Youtube Downloader HD

http://www.aboutonlinetips.com/download-high-quality-hd-youtube-videos/

pra poder curtir videos hd em 1080 linhas, você irá precisar de uma placa mãe decente, equipada com uma placa de video poderosa.
Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Tecnologia da Informação

Bio-impressão: vai aí uma orelha nova saída da impressora?

Achei interessante a aplicação para recuperação de ferimentos de queimaduras. No YouTube tem vário vídeos sobre impressoras 3D, quem se interessar: http://www.youtube.com/results?search_query=impressora+3d&aq=0

Impressão tridimensional é uma técnica para fazer objetos sólidos com dispositivos não muito diferentes de uma impressora de computador, criando-os linha por linha, e depois verticalmente camada por camada.

Agora, o próximo passo na revolução da impressão em 3D pode ser imprimir partes do corpo como cartilagem, ossos e até mesmo a pele.

Embora a abordagem da impressão 3D trabalhe com polímeros e plásticos, recentemente as matérias-primas foram se ramificando significativamente. As impressoras foram cooptadas até para fazer comida, experiências biológicas apelidadas de “biotecnologia de garagem”.

Porém, a verdadeira novidade é que a técnica pode ser usada para criar artisticamente novas partes do corpo – a bioimpressão. O objetivo dos pesquisadores é imprimir “pele” diretamente sobre vítimas de queimaduras.

O grupo de cientistas está desenvolvendo um sistema portátil que pode ser levado diretamente até as vítimas. O original do dispositivo é que ele tem um sistema de scanner que identifica a extensão e profundidade da ferida, porque cada ferida é diferente. Essa varredura é convertida em 3D por imagens digitais, que determinam quantas camadas de células então devem ser depositadas para restaurar a configuração normal do tecido lesado.

Segundo os pesquisadores, a motivação do programa é o desenrolamento das guerras no Afeganistão e no Iraque. Até 30% de todas as lesões e mortes que ocorrem a partir da guerra envolvem a pele, e a bioimpressão pode vencer alguns dos desafios que a medicina enfrenta no cuidado de queimaduras.

Durante uma conferência há pouco tempo atrás, o grupo exibiu uma impressora 3D para demonstrar como o projeto é bem estabelecido através da criação de uma orelha.

A exibição começou com um arquivo de computador com as coordenadas 3D de uma imagem escaneada de uma orelha real. Para a demonstração, as células reais que o grupo usaria normalmente foram substituídas por gel de silicone, a fim de bioimprimir a orelha.

A equipe também publicou resultados de bioimpressão de reparo em ossos danificados de animais. Mas o método ainda está em sua infância, e os pesquisadores enfrentam vários obstáculos técnicos.

Segundo os cientistas, alguns tecidos podem ser tratados mais facilmente que outros. A cartilagem, que é amorfa e não tem muita estrutura interna e vascularização, é um ponto de entrada para começar.

A cartilagem tem sido bastante bem sucedida em modelos animais, e seria a primeira coisa utilizada na prática com humanos. A partir disso, aumenta-se a complexidade do tecido, passando para osso ou talvez fígado.

Outro obstáculo é que os tecidos bioimpressos não são fáceis de conectar-se ao resto do tecido real. O que você colocar no corpo tem de estar ligado a vasos sanguíneos, que fornecem sangue e oxigênio. Esse é um dos desafios com tecidos maiores, por exemplo.

Por outro lado, uma das vantagens do uso da impressão informatizada é que você pode criar um tecido de forma mais precisa do que quando você constrói algo manualmente.

Os cientistas acreditam que a bioimpressão vai se tornar uma técnica padrão. A aposta é de que, em 20 anos, a tecnologia seja a principal tendência na área. [BBC]

1 comentário

Arquivado em Curiosidades, Invenções, Saúde

Lançamentos espaciais por micro-ondas ou lasers

Não entendi como vai funcionar, vale a pena acompanhar esta evolução. A ficção acaba virando realidade.

A Agência Aerospacial Norte Americana (NASA) quer cortar os custos de seus lançamentos espaciais tentando criar um novo mecanismo baseado em laser e micro-ondas para impulsionar as aeronaves ao espaço.

O motivo principal é que, segundo os pesquisadores do centro da NASA em Ohio, o processo atual é muito caro e ineficiente. Nos foguetes convencionais, a maioria do espaço é ocupado pelo combustível necessário para o lançamento. Apenas uma porcentagem pequena do veículo é de carga útil.

De acordo com o centro de pesquisas da agência, a mudança pouparia custos e preveniria riscos físicos associados aos lançamentos regulares. Os foguetes tradicionais são, em maior ou menor quantidade, controlados por explosões de hidrocarbonetos, um combustível que, se correr tudo bem, dá a ignição para lançar a nave ao espaço. A nova tecnologia usaria lasers ou microondas para criar e transmitir calor e atraia a energia do combustível.

O transmissor de calor faz a temperatura do combustível disparar, o que faz a propulsão do foguete aumentar dramaticamente. A diferença é que o novo processo não é incendiário, então, ele só emite hidrogênio. Não há riscos de explosão.

Algumas adaptações ainda precisam ser realizadas, pois a nova tecnologia ainda serve apenas para cargas pequenas. Mas, se tudo der certo, diversos lançamentos poderão ser realizados, diariamente, a um custo menor. As naves poderiam levar várias peças de objetos para serem montados depois. [PopSci]

1 comentário

Arquivado em Curiosidades, Invenções

A relação entre a boca e a saúde do corpo.

Muita gente já sabe, mas mesmo assim não leva a sério, talvez porque não veja. Com este vídeo poderá entender como as bactérias afetam o coração.

A Johnson & Johnson, em parceria com a empresa americana Anatomical Travelogue, produziu um vídeo com imagens inéditas da cavidade bucal, mostrando, pela primeira vez, o deslocamento das bactérias orais para o resto do organismo. A captação dessas imagens reais, macro e microscópicas, só foi possível graças a uma tecnologia de última geração e câmeras hipersensíveis capazes de demonstrar didaticamente como a saúde oral interfere na saúde global do corpo.

As informações que fundamentam o vídeo foram apuradas por pesquisadores das principais universidades americanas e por estudos epidemiológicos de pesquisadores europeus e brasileiros, que elucidaram dados recentes sobre a relação entre saúde bucal e sistêmica. Esta relação está mobilizando as mais importantes autoridades de saúde no mundo inteiro.

As cenas do vídeo, de três minutos, oferecem imagens que ilustram as evidências destes estudos (que relacionam saúde sistêmica com saúde oral), além de proporcionar momentos de deslumbramento com a visualização de processos e elementos jamais mostrados.

http://www.jnjbrasil.com.br/listerine/default.asp?area=5#param

A Johnson & Johnson, em parceria com a empresa americana Anatomical Travelogue, produziu um vídeo com imagens inéditas da cavidade bucal, mostrando, pela primeira vez, o deslocamento das bactérias orais para o resto do organismo. A captação dessas imagens reais, macro e microscópicas, só foi possível graças a uma tecnologia de última geração e câmeras hipersensíveis capazes de demonstrar didaticamente como a saúde oral interfere na saúde global do corpo.

As informações que fundamentam o vídeo foram apuradas por pesquisadores das principais universidades americanas e por estudos epidemiológicos de pesquisadores europeus e brasileiros, que elucidaram dados recentes sobre a relação entre saúde bucal e sistêmica. Esta relação está mobilizando as mais importantes autoridades de saúde no mundo inteiro.

As cenas do vídeo, de três minutos, oferecem imagens que ilustram as evidências destes estudos (que relacionam saúde sistêmica com saúde oral), além de proporcionar momentos de deslumbramento com a visualização de processos e elementos jamais mostrados.

Deixe um comentário

Arquivado em Saúde

Deputado diferente

Saiu na revista Veja, edição 2203 de 09/02/2011 – Página 68, uma matéria com o título “Deputado diferente” a revista mostra que o deputado federal novato José Antônio Reguffe abriu mão de dois salários e reduziu a verba de atividade parlamentar e o número de assessores. Alerto para o fato de que esse tipo de glorificação vindo da Veja é para se ler com cuidados…

Não estou afirmando, mas pode ser que seja pura demagogia, uma forma de chamar a atenção em busca de notoriedade.
Tomara que esta atitude seja um paradigma para todos os congressistas e crie constrangimentos. Na verdade, acho que eles estão rindo e ridicularizando esta atitude, não abrindo mão da mordomia a que estão acostumados.

Acho que ainda é cedo pra considerar este deputado um exemplo da moralidade pública, isto o tempo dirá!
A matéria do jornalista Paulo Celso Pereira:

José Antônio Reguffe, de 38 anos, foi o deputado  federal mais bem votado do país em termos proporcionais. Escolhido por 266.465 eleitores, o equivalente a quase 19% dos que foram às urnas no Distrito Federal, ele superou fenômenos televisivos como Tiririca, e integrantes de clãs políticos tradicionais. No primeiro dia de trabalho, o parlamentar expediu seis ofícios à diretoria-geral da Câmara. Abriu Mao do 14º e 15º salários, reduziu o número de assessores no gabinete, cortou gastos com salários de assessores e diminuiu sua verba de atividade parlamentar. Como morador de Brasília, naturalmente também abriu mão do auxílio-moradia e das passagens aéreas.

As medidas resultarão numa economia de 2,4 milhões de reais nos próximos quatro anos. Se elas fossem seguidas por todos os 513 deputados, a economia chegaria a 1,2 bilhão no mesmo período. Reguffe tomou medidas idênticas quando exerceu o mandato de deputado distrital em Brasília. Além de ter demonstrado que é possível um parlamentar trabalhar sem mordomias, em excesso, o deputado brasiliense teve uma votação que prova com isso está em sintonia com o que pensa o eleitor.

Quinze salários – O primeiro ofício  que José Antônio Reguffe enviou à diretoria-geral da Câmara foi para pedir que não fossem depositados em sua conta os dois salários que os deputados recebem anualmente chamados de “ajuda de custo”. Trata-se, na prática, de um 14º e um 15º salários, de 26.723,13 reais cada um. Ao longo dos quatro anos de mandato, a medida levará a uma economia de 213.786,04 reais para a Câmara. “Esse foi um compromisso com meu eleitor. Não acho que seja correto que um deputado tenha direito a salários extras. Todo trabalhador recebe treze salários por ano. Portanto, nada mais lógico que um representante desse trabalhador também receba apenas treze salários por ano. É o justo”.

Cota parlamentar – A Câmara criou uma cota para custear os gastos dos parlamentares com seu trabalho. Com valores que vão de 20.030 a 34.000 reais mensais, o dinheiro deveria ser usado para pagar despesas com passagens aéreas, selos, telefone, combustível, aluguel de carros e pagamento de consultorias. Como á fiscalização é muito frouxa, são freqüentes os indícios do uso irregular. Reguffe pediu que sua verba fosse reduzida de 23.030 reais para 4.600 reais. Em quatro anos a economia com a medida será de 884.640 reais. “Esse valor de 23.030 reais é exorbitante, excessivo. O mandato parlamentar pode ser exercido com qualidade a um custo bem menor para os contribuintes. Pela minha experiência na Câmara Legislativa, acho que 4.600 reais é um valor viável. É suficiente para manter o gabinete funcionando”.

Verba de gabinete e assessores – Os deputados têm direito a 60.000 reais para contratar até 25 assessores para seus gabinetes. Reguffe estabeleceu junto à direção da Câmara que terá no máximo nove assessores e que não gastará mais que 48.000 reais com os vencimentos, uma redução de 20% na verba. Só com salários a economia será de 624.000 reais ao longo dos quatro anos. Mas ainda há o enxugamento de benefícios. Apenas com vale-alimentação dos dezesseis funcionários que não serão contratados, a Câmara economizará 514.560 reais até 2014. “O número de assessores a que um parlamentar tem direito é excessivo. Nós precisamos de bons técnicos para exercer um mandato digno. Agora, 25 assessores… Se todo mundo vier trabalhar, o gabinete não comporta a metade. É um gasto que parece servir como uma espécie de estatização de cabos eleitorais. Eu tenho um gabinete que vai me servir bem, que vai me dar amparo, sem precisa de tanta gente.

5 Comentários

Arquivado em Política

Como deixar seu computador mais seguro

Já recebi e enviei muitas dicas sobre segurança, mas parece que pouca gente leva a sério o assunto.

Digo isto porque recebo muitos emails contendo vírus ou outras pragas da internet, correntes, falsas mensagens (hoax), quase tudo fácil de prevenir.

Veja estas dicas da Symantec:

  • Correntes – Você provavelmente conhece essa modalidade: as temidas correntes estão de volta, mas agora são retuites por boas causas. Vale prestar atenção pois não raro, tanto a causa como a solicitação são falsas. E por que alguém publicaria isso? A Symantec sugere que pode ser algum engraçadinho procurando fazer piada ou um propagador de spam procurando “amigos” para que possa atacá-los mais tarde. Várias pessoas bem intencionadas repassam essas informações falsas para outros. Quebre a corrente e informe-os sobre a provável mentira.
  • Roubo de dinheiro – A natureza dos sites de mídia social faz com que eles propiciem o contato permanente com nossos amigos e ainda facilitem o encontro de amigos novos, sobre quem não sabemos quase nada! Ele pode ser um criminoso online em busca de dinheiro fácil, portanto, pense duas vezes antes de emprestar dinheiro ou criar maiores vínculos. E essa recomendação vale também para as pessoas que você conhece, pois o computador do seu amigo de infância pode estar infectado com malware que roubou todos os seus contatos e enviou um e-mail falso a todos, esperando para ver quem morderia a isca. Antes de agir, ligue para o seu amigo e confirme a solicitação. Em seguida, verifique se o seu computador também não foi infectado.
  • Cobranças ocultas – Os testes do tipo: “Que personagem do STAR WARS você é?” acabam sendo locais para inserir suas informações e número do celular, conforme instruções, para receber um SMS com o resultado. O risco é de, inadvertidamente, assinar um serviço mensal duvidoso que o cobrará $9,95 dólares por mês. Não raro o “gratuito e divertido” acaba não sendo nem um, nem outro. Fique atento a essas ciladas e vire o jogo.
  • Solicitações de phishing – estes são tão comuns que a gente até ri. Mas tem quem clique sem saber do risco que corre! “Alguém publicou essas fotos de você bêbado nesta festa animada! Dê uma olhada aqui!” Nunca cliquei, mas especialistas contam que o link costuma levar para sua página de login do Twitter ou Facebook (ou Orkut) e para entrar no site, a pessoa tem que inserir as informações da sua conta. Resultado: um criminoso online agora tem o controle total da sua conta. A página igualzinha que te engana é um pega bobo chamado phishing. Para prevenir isso, verifique se a sua segurança na Internet inclui defesas antiphishing.
  • URLs ocultos – este vale muito para o Twitter e no Facebook a Norton tem até um protetor online, sobre o qual falei aqui. Fique atento para não clicar indiscriminadamente em URLs que tenham sido encurtadas. Você verá esses links em todo lugar no Twitter, mas nunca saberá onde estará indo, uma vez que o URL (em outras palavras, o endereço na Web) oculta a localização completa. Um clique nesses links pode direcioná-lo ao site que deseja acessar ou a outro site que poderá instalar vários tipos de malware no seu computador. Os “encurtadores” de URLs podem ser muito úteis. Porém, fique atento às ciladas e certifique-se de ter proteção em tempo real contra spyware e vírus.

Também são muito boas estas dicas que foram publicadas na http://lifehacker.com/#!5760922/secure-your-online-life-the-easy-way e http://hypescience.com/como-deixar-seu-computador-mais-seguro/

Para navegar sem problemas pela internet, hoje em dia, é necessário que nosso computador esteja praticamente blindado contra todas as ameaças que circulam no mundo virtual. Um vírus pode contaminar seus arquivos, corromper todo o sistema do seu computador ou até danificar centrífugas de enriquecimento de urânio do programa nuclear iraniano. O assunto é bem sério, mas não é motivo para desinstalar o MSN, encerrar a conta no Facebook, parar de receber notícias por RSS e nunca mais entrar na internet. Basta tomar algumas precauções. Aí vão algumas dicas:

Guarde muito bem as suas senhas (e de maneira prática)

Por segurança, a cada nova página em que nos inscrevemos, criamos um usuário e senha nova. Chega um momento que fica praticamente impossível guardar todas elas. Para facilitar a vida, há a opção de baixar e instalar o gerenciador de senhas gratuito LastPass, que também cria senhas complexas, muito difíceis de serem quebradas. Outra opção, segura, é o KeePass, que funciona como um “cofre” criptografado de senhas que se abre apenas com uma senha mestra.

Mas, se você não está afim de baixar, instalar e configurar programas, dá para ajustar opções para salvar senhas no seu navegador. O problema é que quando você formata a máquina, geralmente perde todas as senhas gravadas.

O Firefox pode salvar senhas, mas o faz de maneira pouco segura, pois qualquer um pode acessá-las. Para driblar esta falha é possível baixar uma atualização deste browser chamada Master Password. Este add-on pede uma senha mestra cada vez que alguém tente navegar uma página com senha salva por você.

Quem usa o Chrome pode salvar suas senhas também, pode até sincronizá-las por meio do Google Cloud e acessá-las em outros computadores com o mesmo navegador. Só não se esqueça de proteger o arquivo com uma frase de segurança.

Já o Internet Explorer não oferece muitas opções de segurança além daquela pergunta se você quer salvar determinada senha. Com este browser é melhor dar uma chance ao LastPass ou KeePass.

Habilite HTTPS e melhore a segurança onde quer que você esteja

Se você está navegando sem uma conexão criptografada, você está suscetível a, no mínimo, uma brincadeira dos seus amigos, pois suas senhas podem ser interceptadas; e na pior das hipóteses, uma brecha na segurança dos seus perfis em redes sociais, conta de email e tantas outras contas, que podem levar a prejuízos.

A maioria dos sites que você usa agora oferece a opção de navegação criptografada chamada “HTTPS” ou “SSL”. Se a página não tem esta opção e está guardando informações pessoais, reflita se você realmente quer utilizar aquele servidor.

Listamos servidores onde você definitivamente deveria capacitar a opção HTTPS de segurança:

  • Gmail: conexões seguras são geralmente um padrão no Gmail, mas certifique-se: clique em configurações, procure “conexões do browser” e tenha certeza que a opção “sempre usar https” está selecionada.
  • Facebook: esta é uma opção recente para a rede e não é padrão. Para poder utilizar, clique em “Conta”, depois em “Configurações da Conta” e, por último, em “Segurança da Conta”, clique no botão para mudar e escolha a opção “Abra o Facebook em uma conexão segura (http) sempre que possível”.  Acrescentaria: Quando um novo computador ou dispositivo móvel se conectar à essa conta:, desta forma poderá saber se alguém invadiu sua conta. Agora é só salvar.
  • Yahoo: o Yahoo tem diferentes e boas opções para personalizar a segurança. Quando já estiver em sua página, clique em seu nome e selecione “Informações sobre a conta”. Você terá que digitar sua senha mais uma vez e, então, poderá configurar senhas, criar código de verificação, oferecer e-mail alternativo para recuperar informações da conta e muitos outros serviços grátis e fáceis de usar.
  • Hotmail: Fácil. Quando você digitar o endereço do Hotmail só adicionar o “S” depois de HTTPS na barra de endereços. Provavelmente, aparecerá uma tela perguntando se você quer que esta opção seja utilizada sempre. Recomenda-se que você diga SIM.

Dificulte que outros se passem por você

Nem todos os sites oferecem conexões criptografadas ou opções de segurança extra, mas a maioria oferece algum tipo de esquema para recuperação de senha. Em muitos casos elas são uma simples confirmação de email ou a resposta a uma pergunta que pode ser descoberta facilmente em seus perfis de redes sociais.
Para se safar, crie questões próprias com respostas falsas ou engraçadas. Seja criativo, pense no seu professor preferido, seu primeiro animal de estimação ou algum parente. Se não puder criar uma pergunta de segurança, responda exatamente o oposto daquilo que foi perguntado.

Finja que você sempre está navegando em um computador público

Quando você está numa lan-house ou utilizando uma rede sem fio compartilhada em lugar público, sempre faz questão de tomar mais cuidado, certo? Pois faça a mesma coisa em casa! Desabilite compartilhamentos, habilite seu firewall e, principalmente, siga as dicas deste texto.

É interessante assistir ao tutorial do Norton Safe Web para Facebook

Vídeo com o tutorial: http://www.youtube.com/user/NortonBRA#p/a/u/0/CwBNoc5NnJw

Este aplicativo realiza uma varredura de notícias dos seus amigos do Facebook para ver se existem URLs maliciosos e infectados, identificando sites arriscados antes de clicá-los. Atualmente, quase 60% dos sites inseguros identificados pelo Norton Safe Web na realidade contêm ameaças que podem infectar seu PC sem que precise baixar ou instalar arquivos. O aplicativo, ainda beta, será gratuito mesmo quando possuir uma versão final. Você, usuário do Facebook, instale já o Norton Safe Web. Acesse: http://apps.facebook.com/nortonsafeweb/

Deixe um comentário

Arquivado em Tecnologia da Informação

Bottle

Se transportarmos para nossa realidade, veremos que o final é muito comum, incrivelmente comum!

Desenho animado em uma praia e na neve, mostra uma conversa curta transoceânica entre dois personagens através de uma garrafa.

Escrito, dirigido, animado, editado e som por Kirsten Lepore


Deixe um comentário

Arquivado em Animação